Como é dormir na Savana Africana?

Sempre me perguntei como seria a experiência de dormir no meio da savana africana, não sei se você sabe, mas nasci e cresci no interior, para mim sempre foi muito natural dormir com o barulho dos animais, mas perdi isso quando decidi me mudar, mesmo assim quando visito meus pais ainda contemplo a paz que o interior traz. Fiquei me perguntando se seria a mesma sensação, o mesmo silêncio, a mesma quietude quebrada as vezes pelo barulho dos animais…

Quando chegamos na Africa eu sabia que seria incrível, mas não imaginei que seria tanto. Uma coisa é dormir ouvindo pássaros, sapos e esses animais pequenos que tem no interior, outra bem diferente é dormir ouvindo hienas, leões, Gnus, zebras e até elefantes. Você acorda de madrugada com esses sons que não esta acostumado a ouvir e a impressão é que estão do lado do seu quarto, algumas vezes podem até estar, mas também podem estar a quilômetros de distância e mesmo assim são ouvidos.

Nossa experiência começou já no Ukutula, um lugar mágico, um refugio escondido, (já falei sobre ele no outro post clique aqui), mas sem dúvidas preciso incluí-lo nesse post porque a experiência vivida lá foi a mais especial. Por se tratar de um centro de preservação e conservação a concentração de leões que tem no local é  maior que na savana (pelo menos perto dos lodges né), por isso, ali a experiência de dormir ouvindo os leões foi fantástica. Todos os dias no anoitecer e no amanhecer começa o espetáculo de urradas, onde leões competem entre si para ver quem urra mais alto e tem a dominância do território, quer dizer, essa é a minha teoria  hehehe, na verdade o que acontece é que hienas vivem no local e os leões não gostam delas, por isso urram para mostrar que o território é deles. Seja qual for o motivo o espetáculo é bonito de se ouvir, as vezes da até medo, hehehehe (no feed do meu instagran tem uns vídeos onde é possível ouvir, me siga @deiabonetti).

Depois chegando na reserva de Madikwe onde fizemos o safári, (fiz um post sobre o lugar, é só clicar aqui) , percebemos que seria mais difícil de ouvir leões, eles não ficam rondando os lodges, mas descobrimos que ouviríamos muito mais. A noite o silêncio é quebrado com os sons dos animais, herbívoros na grande maioria, que passam na fonte para beber água antes de continuar seu caminho.

P_20180511_150812_vHDR_Auto_HP
Fonte em frente ao quarto onde os animais param para beber água

O lodge que escolhemos para nossa estadia foi o Motswiri, um dos vários que estão localizados na reserva, mas estão tão distantes um dos outros que a sensação lá é de isolamento, o lodge é de uma qualidade imensa, atendimento impecável, cordialidade, boa alimentação, uma cama maravilhosa, quarto lindo, espaço seguro e uma vista belíssima.

PKP_0434_(Copy)

O Motswiri tem somente 5 quartos, que são cabanas, ou seja, tem 5 cabanas. As cabanas são gigantes, tem varanda com vista para a savana, lareira, banheira e o mais inusitado, os chuveiros são ao ar livre, isso mesmo, você toma banho (sim a água é quente) vendo e vivendo a savana. No primeiro dia tinha um elefante a poucos metros, você já tomou banho com um elefante te olhando? hehehe, a experiência vale a pena. Nos quartos não tem televisão nem sinal de internet, ou seja, o tempo que passa neles é para relaxar e curtir a vida selvagem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Já da para perceber que o atendimento é bem personalizado né, e o mais legal é que nunca vai estar lotado. O atendimento é muito bom, saíamos de manhã para o game quando voltávamos o quarto estava resfriado, a noite voltávamos e o quarto estava aquecido, um luxo a parte, sem falar que sempre nos esperavam na recepção com toalhas úmidas para limpar as mãos e o rosto e a mesa posta para as refeições.

A área de lazer do hotel é incrivelmente linda e aconchegante, cheia de detalhes.Os puxadores por exemplo são chifres de Kudo, as luminárias são ovos de avestruz, o porta guardanapo espinho de porco espinho, e assim por diante. Cada detalhe muito bem pensado, feito com todo cuidado e carinho para trazer a vida selvagem para junto dos hóspedes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Claro, existem opções de hotéis que são mais rústicos, no estilo tenda, mas eu sou nutella né, não me aventuro tanto assim, hehehe.

Enfim, volto cheia de saudade e morrendo de vontade de viver tudo outra vez, sinto falta dos sons, do silêncio, dos cheiros e sabores da Africa do Sul, espero ter a oportunidade de voltar mais vezes.

Espero que tenham gostado.

Beijos e até o próximo ♥