Praia do Francês, Barra de São Miguel ou Gunga?

Continuando as dicas de Alagoas vou falar sobre as três praias mais conhecidas do litoral sul de Alagoas, Praia do Francês, Barra de São Miguel e Gunga. Como disse anteriormente o litoral sul de Alagoas não tem o mar caribenho que o litoral norte tem, as águas são mais agitadas, mais escuras, não são impactantes como as do litoral norte. 

A praia do Francês fica a apenas 25km de Maceió, e as outras praias estão coladas nela. Elas são perfeitas para fazer bate volta já que Maceió tem muito mais estrutura e opções de hospedagem do que nas praias, e como é pertinho vale a pena tirar o dia para passear e conhecer as praias. 

Praia do Francês (Foto: Reprodução do site guia.melhoresdestinos.com)

A Praia do Francês tem uma parte protegida por uma gigantesca barreira de recifes que com a maré baixa formam uma piscina natural, perfeita para banhistas, mas sem muita vida marinha para observação, e outra parte com mar aberto e ondas que fazem a alegria dos surfistas. A água não é quente e clara como as praias do litoral norte já descritas em outros posts do blog. A praia é bem agitada, principalmente nos finais de semana, sua orla é cheia de restaurantes, já na areia o turista disputa lugar com os vendedores ambulantes e agências oferecendo passeios. Para quem gosta de agito vai gostar. 

Praia do Francês (Foto: Reprodução do site viagemeturismo.abril.com.br)

As ruas são um charme, cheias de lojinhas e com muitos restaurantes. Almoçamos no restaurante Permegianno Jatiúca, uma delicia de lugar, ele não fica na orla, fica na Rua Carapeba, nela ficam vários outros restaurantes bons. A praia conta com várias pousadas, é bem estruturada. Uma atividade comum na praia é o passeio de barco.

Coladinha da praia do Francês a 13km está Barra de São Miguel, uma charmosa praia muito parecida com Francês, a maré baixa forma uma piscina e quando a maré sobe as fortes ondas fazem dela um ótimo lugar para a prática de surf, porém sua faixa de areia é pequena e fica cheia de cadeiras e guarda-sóis, principalmente nos finais de semana, para aproveitar a praia tem que chegar cedo para garantir um bom lugar. Ela tem várias pousadas a beira mar para quem não quer fazer bate e volta.

A praia é ponto de partida para visitar a Praia do Gunga que fica coladinha nela, separadas pela lagoa do Roteiro (um belo lugar para fazer um passeio de lancha). O passeio de barco para o Gunga vale a pena pois você vê as praias de outro ângulo, mas é possível visitar o Gunga de carro.

Mirante da Praia do Gunga (Foto: reprodução site maceioalagoas.com)

A Praia do Gunga foi a minha preferida das três, passamos o dia todo nela e foi muito divertido. Antes de descer até a praia visitamos o mirante que tem uma vista espetacular, o contraste de cores dos coqueirais e do mar é lindo. Do mirante a gente tem uma visão bem ampla da praia e dos entornos.

Infelizmente a areia é cheia de cadeiras e guarda-sóis, vendedores ambulantes, agências vendendo passeios, mas essa praia é conhecida pela infinidade de atividades radicais. Uma delas e a que considero imperdível (que nem é radical, hehehe) é o passeio de quadriciclo ou buggy pelas falésias. O contraste das cores é impressionante. Aliás essa é uma qualidade da praia que é melhor vista de cima. 

Além do passeio nas falésias na praia ainda tem,Flyboard, paraglider, ultraleve, paramotor, Flyboat (sim, é um barco que voa) além de passeios de jet ski, jangadas, lancha e banana boat.

Na foto banana boat, flyboard e flyboat

É uma praia diversificada, perfeita para se divertir. Passamos o dia no restaurante Kokal que conta com uma estrutura completa de praia, um bom atendimento e comidinhas gostosas.  Há quase esqueci de mencionar que como a praia fica em uma fazenda particular é cobrado R$20,00 para estacionar, caso opte em ir de carro. O mirante também tem um custo de R$3,00 por pessoa.

Você deve ter percebido que nesse post usei muitas fotos de outros sites (agradeço a todos eles), isso porque nos dois primeiros dias que fomos estava nublado e as fotos não ficaram boas e no terceiro dia eu esqueci de fazer :(, estava tão animada para curtir a praia e as belezas que tem nela que lembrei quando o sol já estava baixando ai já era tarde.

Espero que tenha gostado das dicas. Beijos e até o próximo 

Dicas para aproveitar o melhor do Caribe Brasileiro

Caso você me acompanha no instagran ( @deiabonetti) já sabe que estive de férias recentemente e viajamos para o nordeste do Brasil. O nordeste brasileiro é um lugar que eu amo, sua simplicidade me deixa muito a vontade e as paisagens são de tirar o fôlego. Pois bem, nesse post vou dar dicas para você aproveitar da melhor maneira possível as praias do estado do Alagoas.

Praia do Toque rota ecológica de São Miguel dos Milagres

O estado do Alagoas tem uma característica que torna dele o Caribe Brasileiro, seu mar tem aquele tom de azul que nos encanta, areia branquinha e a temperatura da água é ideal, quentinha o ano todo. Mas não basta ir para qualquer praia, tem que saber quais as praias realmente valem a pena conhecer.

Praia de Antunes

Para você entender vou usar Maceió, a capital de Alagoas, como ponto de referência, a partir dai poderei dar minha opinião sobre os melhores lugares para ir. Em Maceió temos as seguintes praias Guaxuma, Ipióca, Pajuçara, Pontal da Barra, Ponta Verde, Praia da Avenida, Praia Cruz das Almas, Praia de Sete Coqueiros e Jatiúca. Dessas as mais conhecidas são Ipioca, Jatiúca e Ponta Verde, as duas últimas ficam na orla de Maceió, eu não sei vocês, mas não me sinto a vontade em ficar curtindo uma praia onde passam um zilhão de pessoas, pra mim orla é somente para passear e não para curtir um dia de praia. Já Ipióca é mais afastada da capital e ela da uma ideia de como são as praias paradisíacas de Alagoas. Ela possui somente um restaurante o Hibiscus e não possui mais estruturas, o restaurante por sua vez tem uma boa estrutura, espreguiçadeiras, guarda sol, música ao vivo, eles cobram R$25,00 por pessoa para usar sua estrutura, já os pratos ficam em torno de R$150,00 por casal, um pouco salgado na minha opinião, mas é o preço que se paga para estar em uma praia quase deserta sem a perturbação de vendedores. 

Praia de Ipióca

Se afastando de Maceió no litoral sul tem as praias de Coruripe, Dunas de Marapé, Lagoa do Pau, Pontal de Peba, Praia do Gunga, Barra de São Miguel, e Francês. Dessas eu conheci as três últimas. O litoral sul, diferente do litoral norte tem as prais mais abertas, o mar não é de um azul estonteante, a água não é tão quente, a areia é mais grossa, ele também não tem em sua orla os famosos coqueiras, suas praias são mais semelhantes as que estamos acostumados a ver no restante do país, ou seja,  não é tão bonito e não vale a pena passar muitos dias nessas praias. Das prais que conheci, Francês, Barra e Gunga a minha preferida foi a do Gunga. Antes de chegar na praia  tem um mirante que mostra a praia e os arredores, é bem bonita a vista. A praia é bem agitada, cheia de vendedores ambulantes (as três são) e barzinhos, o mar é gostoso mas não se compara com as praias do litoral norte. Ela fica em área particular por isso é cobrado o valor de  R$20,00 de estacionamento, um conjunto de duas cadeiras e guarda sol custa R$50,00, mas ela tem vários bares onde pode-se  consumir e usar a estrutura. Vou fazer outro post com mais detalhes sobre as três praias e que fazer nelas.

Mirante da Praia do Gunga (Foto: Reprodução blog Partiu pelo Mundo)

Já o litoral norte conta com as praias mais maravilhosas, as famosas praias caribenhas Brasileiras. São elas, Paripueira, Sereia, Sonho Verde,  Barra de Santo Antonio, Carro Quebrado, Ilha da Corôa, Japaratinga, Maragogi, Passo do Camaragipe, Rota ecológica de São Miguel dos Milagres. Se usarmos o Street View para localizar essas praias, ou melhor, esses municípios, veremos que a cor da água é algo impressionante. A semelhança dessas praias é que elas são de maneira geral tranquilas, ficam em pequenas cidades com pouca estrutura, tem um mar calmo, águas com múltiplos tons de azul, areia branquinha. São aquelas famosas praias de papel de parede do computador.

Praia de Antunes e os bancos de areia que se formam com a maré baixa (Foto: Reprodução site Jaraguá Turismo)

Mas a questão é, das praias do litoral norte, quais são as melhores? A resposta é simples, quanto mais perto de Pernambuco melhor, não sei porque, mas o mar fica de um tom que não vi em nenhum outro lugar, até no Caribe não é tão azul. Já adianto que de Maragogi pra frente em direção a Pernambuco ficam, na minha opinião, as melhores praias de Alagoas. São as praias de Maragogi, Barra Grande, Antunes, Peroba e Ponta do Mangue. Todas essas praias tem um mar tranquilo e cristalino, perfeito para famílias relaxarem, as crianças amam porque suas águas estão repletas de peixinhos. Outra curiosidade é que com a maré baixa se formam as piscinas naturais e os bancos de areia permitem ir andando até os corais para fazer mergulho.

Da pra ver que sou fã dessas praias né, somente estando lá para entender o quanto são maravilhosas. Maragogi é o município e o lugar mais conhecido, o município é bem simples, não tem muita estrutura e as coisas la são meio precárias, a praia de Maragogi mesmo não é boa para banho, como ela esta na cidade tem lixo e muito movimento. Minha dica para curtir de verdade esse paraíso é se hospedar em Antunes ou Barra Grande, ambas ficam a uma distância de menos de 5km de Maragogi. A pousada Sol e Mar em Barra Grande tem uma ótima estrutura, e um bom restaurante. Já em Antunes tem a Pousada Rangai, o Village Miramar, Prive Costa Dourada e o Grand Oca Maragogi Resort que ficam no melhor ponto da praia, longe das barraquinhas e de frente para os corais e com a maré baixa da para ir andando até eles. Essas praias não tem lixo, não tem muito movimento e o melhor, não tem aquele monte de vendedor te abordando o tempo todo oferecendo alguma coisa.

Para fazer aquela foto incrível a praia tem redes, balanços e objetos que criam efeitos visuais bem interessantes, mas claro, tudo isso é cobrado, más cá entre nós, o lugar é tão lindo que não precisa de nada disso, duvido fazer uma foto feia lá. 

Para conhecer melhor as praias e sem esforço tem passeios de Buggy, ou pelo mar com passeios de lancha, tem ainda passeios diários até os corais para fazer mergulho nas piscinas naturais.

Eu pensei que conseguiria por tudo em um único post mas ficou muito grande, por isso vou ter que deixar as outras dicas para outro post, nele vou falar das praias da Rota Ecológica de São Miguel dos Milagres. Espero que tenha gostado desse.

Beijos e até o próximo.

Peixinhos nas piscinas naturais de Antunes
Corais