Gêiser del Tatio

Esse é um lugares do Atacama com maior diversidade, ao longo do caminho você vai passar por paisagens muito distintas, horas vai estar em terras desérticas, secas e sem vida, hora em vales repletos de água, animais e plantas, depois vai passar por montanhas coloridas, até chegar ao topo e se encantar com a grandeza da natureza.

Dica: Esse passeio vai te levar a 4300mts de altitude, então nada de beber álcool e exagerar na comida no dia anterior. Você pode sentir náuseas, dor de cabeça e dificuldade para respirar.

Esse passeio sai muito sede de São Pedro, por volta das 4:30 da manhã. O motivo de ser um passeio tão cedo é que a atividade mais intensa dos Geisers acontece antes do sol nascer, então nada de mimimi e trate de pular cedo da cama porque vai valer a pena. Depois de aproximadamente uma hora de viagem e subir 4300metros você chega no campo geométrico e prepare-se independente da época do ano, vai estar frio, em média uns -5ºC. Já estive nesse lugar duas vezes, a primeira foi em dezembro e a segunda em julho, e em ambas o frio foi abaixo dos -5ºC.

Gayser Rojo

Mas não se preocupe, acordar cedo e congelar vão valer a pena quando o sol começar a nascer. Eu não sei como descrever, só sei que é muito lindo, muito diferente, causa um impacto na gente. Depois que o sol nasce a paisagem se transforma, o lugar se enche de cores, você começa ver a vida acordando, é algo fantástico.

Ao longo do passeio você tem a oportunidade de passear entre os 70 jatos de vapor que estão distribuídos no campo geotérmico. Alguns são enormes e outros mais modestos.

Dicas

  • O ideal é fazer esse passeio no último dia pois seu organismo já estará acostumado com a altitude e não terá nenhum problema.
  • Se mantenha aquecido e hidratado
  • Não subestime o frio e muito menor o calor, vai começar o passeio com muito frio e terminar debaixo de um sol escaldante.
  • Não esqueça o protetor solar, chapéu e a água.
  • Se for tomar banho nas piscinas não esqueça de roupa apropriada e toalha.
  • Cuidado ao andar próximo das erupções porque o chão estará congelado e fica muito escorregadio. 

Depois do passeio as agências oferecem um café da manhã, e depois do café da manhã, se tiver coragem, você pode nadar nas piscinas de água aquecidas que tem no local.

O passeio da volta revela o que o Atacama tem de mais belo. Entornando a cordilheira você vai passar por vales e encostas, um deles o Valle Putana, é parada obrigatória. Um refugio de vida em meio ao deserto, o vale abriga muitas especies de plantas, pássaros e animais, tendo a cordilheira como plano de fundo é um visual de tirar o fôlego.

Depois o passeio nos leva até a Villa Machuca um pequeno povoado de pastores de lhamas, onde tem um pastel de queijo de lhama e espetinho de carne de lhama. A vila é um dos primeiros acampamentos na montanha, ainda preserva suas construções históricas, dentre elas uma igrejinha. É um ponto aonde todas as agências param, para incentivar a preservação do local.

No caminho você vai passar ainda pelos Cânions do Puritama.

Cânion de Puritama

Não falei que esse é um passeio de contrastes? É um com a maior diversidade de paisagens do Atacama.

Espero que tenha gostado.

Até o próximo 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: