Deserto do Atacama, Tulor e Pukara de Quitor

San Pedro de Atacama é a capital arqueológica do Chile. Além de suas paisagens espetaculares, sua história é parte fundamental da experiência do visitante, conhecer sua história é fazer parte do lugar 😉 Quem gosta de história com certeza vai curtir esse tour, nele você conhece sobre as origens e o desenvolvimento da cultura Atacameño, com lugares interessantes como o Pucará de Quitor ou a Aldea de Tulor. .

No primeiro dia não é recomendado que se faça nenhum  passeio que exija esforço, até o organismo  se acostumar com a altitude, temperatura e umidade. Por isso esse passeio é uma boa pedida para começar a sua experiência no Atacama.

No passeio visitamos os sítios arqueológicos mais importantes da região e viajamos para o passado para nos aproximarmos da origem da cultura Atacameña ou Licán Antai.

O passeio começa em Pucará de Quitor, uma parte importante da história do Chile, que retrata a Batalha de Quitor (1540), um dos primeiros confrontos entre espanhóis e indígenas. No local uma fortaleza construída por volta do século XII com rochas e barro, construída no alto com visão estratégica de quem chega. Essa fortaleza foi tomada primeiramente pelos Incas que em 1540 foram derrotados pelos Espanhóis, ela resistiu por mais de 20 anos antes de sua queda. Em 1982 foi declarada monumento nacional.

Monumento Arqueológico Pukara de Quitor

E olha a vista do alto, da para ver todo o vale e lá no fundo o majestoso Lincancabur!

O passeio até o sítio vale muito a pena, a história Atacamenha é muito rica, no passeio você pode visitar um museu que preserva a história do lugar.

Em seguida, o passeio nos leva até a Vila de Tulor, o assentamento mais antigo do Salar de Atacama (entre 800 a.C. e 500 d.C.), preservado por séculos quase milagrosamente sob a areia.

Adobes recriadas na Aldeia de Tulor

No passeio arqueológico foi possível conhecer as ruínas dessa aldeia, as construções de adobe eram interligadas entre si e rodeadas por uma muralha perimetral que abrigava em torno de 200 pessoas, mas ainda há muito o que descobrir já que eles não tem real dimensão do quão grande é, há ainda muito o que escavar, e boa parte das descobertas estão quase soterradas pela ação do vento.

Foram recriadas duas adobes no local do sítio arqueológico para que tenhamos visão de como a tribo vivia.

Adobe de Tulor

A última parada foi para visitar a Fazenda Atacameña, aonde você conhece uma família local que combina as antigas tradições da agricultura e pecuária com o turismo, e você tem a oportunidade de provar alguns produtos locais. Essa família vive do que plantam, criam alpacas e ovelhas, plantam grão, e cuidam de um jardim lindo. Foi muito bacana, o grupo foi recebido com uma mesa posta para café da manhã, com pães, geleia e suco geladinho.

Esse passeio é um momento de conhecer a história e se conectar com a cultura, é para aqueles que muito além de conhecer um lugar querem vivencia-lo.

Espero eu tenham gostado 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: